sábado, 30 de junho de 2012

PSTU de Curitiba oficializa candidatura de Avanílson Araújo à prefeitura


Avanílson Araujo foi confirmado como candidato do PSTU (Foto: Divulgação)Avanílson Araujo foi confirmado como candidato do
PSTU em Curitiba (Foto: Divulgação)
O Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU) confirmou em convenção realizada no domingo (17) a candidatura de Avanílson Araújo à prefeitura de Curitiba. O evento também marcou o lançamento da única candidata à Câmara Municipal de Curitiba, Mariane Siqueira.
Em entrevista ao G1, o Avanílson afirmou que ainda espera um posicionamento do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), e do Partido Comunista Brasileiro (PCB) para a formação de uma frente única de esquerda, com a condição de que a cabeça de chapa esteja com o PSTU. “A nossa última candidatura foi em 2004, oito anos atrás. Para nós é um momento de afirmação do partido na cidade”, afirmou.
As propostas do partido para a cidade estão centradas no slogan da candidatura – “Uma Curitiba para os trabalhadores” – garantiu o candidato. Ele afirma que pretende rever a terceirização de serviços da saúde pública, os problemas de moradia popular e ocupações irregulares, além da melhora e aumento de vagas na educação.“Há uma inversão do orçamento da cidade (...). São duas Curitibas, a do centro e a dos bairros, precisamos inverter o gasto orçamentário”, sugeriu.
Para o Legislativo, o PSTU propõe que os mandatos dos vereadores sejam revogáveis através do voto popular, e que o salário do parlamentar seja padronizado ao vencimento médio dos trabalhadores da cidade. “O cargo não pode ser trampolim financeiro”, justificou.
Avanílson Araújo é advogado dos movimentos populares e sindical, além de mestre em Ciências Sociais. Foi candidato ao governo do Paraná nas eleições de 2010. Já Mariane é funcionária da educação pública do estado e foi candidata a deputada federal em 2010. (G1)

PCdoB realiza convenção e apoia Ratinho Jr para prefeitura de Curitiba



O PCdoB/Curitiba anunciou na segunda-feira (18), em convenção partidária, o apoio à candidatura de Ratinho Jr (PSC) para a prefeitura da cidade. A coligação foi firmada apenas para a eleição majoritária, já que o partido deve se unir ao Partido da República (PR) para formar a chapa concorrente ao Legislativo.
A decisão do partido contou com a presença da pré-candidata à prefeitura de Porto Alegre, deputada federal Manuela D’Ávila, que reforçou o apoio ao candidato do PSC. “O PCdoB é da base aliada do Governo Dilma Rousseff, e também foi de Lula, porque nossas escolhas são baseadas na convicção de um projeto de vida melhor para o País. E este projeto não tem dono, porque é para o bem da população. O deputado Ratinho Junior sempre esteve conosco neste projeto”, garantiu a deputada. (G1)


Ratinho Jr destaca independência em convenção partidária do PSC


O Partido Social Cristão (PSC) de Curitiba oficializou neste sábado (30) a candidatura do deputado federal Ratinho Jr para a prefeitura. A convenção ocorreu no Clube Três Marias com a participação dos partidos que apoiam o parlamentar e já haviam decidido pela coligação em convenções próprias – PCdoB e PR.

Também foi ratificada a aliança com o Partido dos Trabalhadores do Brasil (PTdoB) para as eleições proporcionais. A outra chapa proporcional sob o escopo da candidatura de Ratinho Jr é formada pelo PCdoB e PR, e ainda há o apoio do recém-criado Partido Ecológico Nacional (PEN), que participou do evento, mas não realizou convenção própria. Ao todo serão 197 candidatos, sendo 47 mulheres. O PSC vai lançar 126 nomes, o PR  36,  o PTdoB 11 e o PCdoB 24 candidatos.
“Nós temos que resgatar a genialidade de Curitiba. Essa é a nossa missão”, afirmou Ratinho Jr. Segundo ele, o mote da candidatura será o planejamento com o intuito de preparar a cidade para os próximos anos. Ratinho Jr destacou ainda a independência de sua candidatura.

"A nossa grande diferença é o nosso não apadrinhamento. Esse nosso não apadrinhamento, me dá autoridade e independência para montar a melhor equipe", avaliou o candidato, em relação ao apoio dos governos estadual e federal dos adversários.

O deputado também ganhou o apoio do ex-governador do Paraná Orlando Pessuti (PMDB). “Não sou contra a candidatura do Rafael Greca, sou contra apoiar o candidato do Requião”, explicou Pessuti que é considerado um nos nomes fortes do partido no interior do estado.

Histórico
Carlos Roberto Massa Júnior adotou o apelido de Ratinho Jr quando iniciou a trajetória na vida pública, se elegendo deputado estadual em 2002. Ele foi alçado à Câmara Federal em 2006, sendo reeleito em 2010 como o candidato mais votado da história do estado até então, com quase 360 mil votos.

Vice
A convenção também serviu para a homologação do nome do vice na chapa majoritária, o arquiteto Ricardo Mesquita conhecido pelas ações, projetos e estudos na área da acessibilidade. (G1)

.

Convenção da coligação pró Ducci reúne mais de 3000 apoiadores


Em uma concorrida convenção conjunta do  PSB, PSDB, DEM e PRB, onde compareceram mais de três mil pessoas, foi oficializada a chapa encabeçada por Luciano Ducci (PSB).

Pela manhã ocorreu a homologação da coligação na convenção do PPS. Também hoje,  pela tarde, o Partido Social Democrata Cristão (PSDC), o Partido Republicano Progessista (PRP) e o Partido da Mobilização Nacional (PMN) formalizaram o apoio em convenções separadas. Somados a outros partidos que já tinham feito suas convenções  totaliza uma coligação de 15 partidos, que contaram com 513 candidatos a vereança.

O prefeito de Curitiba (PR), Luciano Ducci (PSB), e o deputado federal Rubens Bueno (PPS) foram oficializados neste sábado como candidatos a prefeito e vice nas eleições municipais e outubro. Durante o lançamento da candidatura, durante as convenções do PSB, PSDB, DEM e PRB, Ducci criticou os adversários e disse que é preciso ter coerência política. O grupo liderado por ele reúne 15 partidos, incluindo também o PTB, PSD, PTC, PSL, PP, PTN, PMN, PHS e PSDC.

O político afirmou que a retirada de todas as famílias que ainda vivem em áreas de risco, nas margens de rios, para viver em moradias dignas, e a conclusão de projetos de infraestrutura e mobilidade urbana, como a Linha Verde Norte e o Metrô, estão entre os principais projetos que devem integrar o plano de governo.

"Juntos vamos assegurar que Curitiba continue sendo uma cidade inovadora, que é referência internacional em diversas áreas. Vamos promover os avanços necessários para garantir o desenvolvimento sustentável da cidade", afirmou. "É possível eliminar a pobreza e a miséria de nossa cidade e nós vamos fazer isso", disse ele.

Principal padrinho político de Ducci, o governador e ex-prefeito de Curitiba Beto Richa (PSDB) desafiou os adversários a criticarem a cidade. "Quero ver os adversários dizerem que Curitiba retrocedeu. Não é verdade. O trabalho que está sendo feito é reconhecido pelo governo federal, pelas Nações Unidas, e por diversas entidades nacionais e internacionais", disse Richa. "Para quem muda de lado, a resposta vem nas urnas", afirmou, provocando o deputado federal Gustavo Fruet, que trocou o PSDB pelo PDT e disputará a eleição com apoio do PT.

O deputado federal Rubens Bueno também falou em coerência. Disse que pertence ao mesmo grupo político de Ducci e Richa desde as eleições de 2004. Ele agradeceu a presença no encontro dos deputados Osmar Bertoldi e Mauro Moraes, que postulavam a candidatura a vice-prefeito. "Somos parecidos, nos integramos nas políticas públicas, de sustentabilidade e de mérito", disse Bueno. "Estou aqui para vencermos juntos estas eleições", afirmou.

Chapão causa indignação entre militantes históricos do PDT, como entre todos os pré candidatos (PDT, PT e PV) que foram excluídos do "chapão"

Convenção do PT que homologou o questionado "chapão"


A poucos dias o Valmor Stédile havia previsto que a formação do chapão  da chapa de vereadores da coligação que apóia o Gustavo Fruet era um erro e iria gerar sérios problemas. A sua previsão estava correta. 


O descontentamento entre os que foram excluídos do chapão é muito grande. Dentre as candidaturas que foram alijadas estão até a de membros históricos do PDT, sendo um grande exemplo a do sindicalista Roberto kugler, brizolista histórico, que não foi incluído na chapa. Ele, bastante revoltado, disse que sentia-se traído pelo o que estava ocorrendo. Segundo ele o "chapão" teria sido principalmente uma imposição do PT (Roseli, Josete e Pedro Paulo, etc.), mas que teria sido referendada por Osmar Dias, que não vivencia o dia a dia do partido na capital e não vivenciou o processo histórico de construção partidária. Para ele está redução no número de candidatos beneficia principalmente aos que já possuem mandato, mas é maléfica para a majoritária, que contará com um número reduzido de candidatos a proporcional buscando votos, e que estes, descontentes, em grande parte até deverão se afastar da campanha que os preteriu.

A poucos duas atrás o Roberto Kugler escreveu: 
... "creio que o professor Wilson Picler não é o único a discordar do tal chapão, pois isso contraria o bom senso e as leis da física e da matemática. Esta é a hora de limpar a Câmara Municipal de Curitiba. A roubalheira atingiu proporções incalculáveis lá dentro. E lá estavam pessoas que guardaram cadeiras cativas por já mais de 20 anos. Como explicar que a a função deles era fiscalizar o Orçamento do Município e eles não fiscalizavam o orçamento da própria Câmara (!!!???). O povo tem que ter mais opção de escolha, e reduzir ao extremo o número de candidatos é limitar o processo democrático e prejudicar a participação plena do povo da política. Pela Legislação Eleitoral o PDT, poderia contar com 95 candidatos e não apenas 76. O número de candidatos seria reduzido a 76, ou seja, o dobro do número de cadeiras no caso de Coligação apenas com o PV. Eu sou fundador do PDT, faço parte da ala histórica do partido. e, juntamente com a quase unanimidade da base partidária, discordo do tal chapão e espero que isso não seja imposto ao PDT. Será um erro grave, com graves reflexos no resultado eleitoral."
O que ele temia ocorreu!
Outro líder histórico importante que antes da Convenção questionou o "chapão" foi o Valmor Stédile:
"Estou até agora sem entender os fundamentos do absurdo deste dito ‘chapão’ de candidatos para as eleições proporcionais. Ainda acho possível que isto tudo não passe de sonho ou pesadelo, porque não entendo como salutar três partidos cortarem praticamente dois terços de seus postulantes à Câmara Municipal. A quem isto favorece?"
Hoje a tarde o histórico líder trabalhista Léo de Almeida Neves tentava reverter junto ao diretório a exclusão algumas das candidaturas a vereador, que haviam sido barradas com a formação do "chapão", as que os históricos acreditam quer foram vítimas de uma grande injustiça.
O que os históricos temiam ocorreu!
O mesmo quadro de indignação envolvendo os excluídos pelo "chapão" também acontece no PT.
Enquanto a coligação encabeçada pelo candidato PDT, mas na prática comandada pelo PT, dispensou a maioria dos seus pré candidatos a proporcional  o Luciano Ducci saí com chapa completa para as proporcionais, que contará com 513 candidatos a vereadores. 




sexta-feira, 29 de junho de 2012

Marta indica que ficará de fora da campanha de Haddad


A senadora Marta Suplicy (PT-SP) sinalizou claramente na tarde desta sexta-feira que deve ficar fora da campanha do petista Fernando Haddad à Prefeitura de São Paulo. Após audiência da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) que apura a violência contra a mulher no País, Marta foi questionada sobre sua participação na campanha e disse que não falaria sobre o assunto. "Olha, vou dedicar os oito anos ao trabalho no Senado e à reeleição da presidente Dilma Rousseff. Essa é a minha postura, meu empenho nestes oito anos para os quais eu fui eleita senadora", desconversou Marta.
Indagada mais de uma vez sobre a sua posição, Marta voltou a responder que só está comprometida com sua atuação no Senado e com a campanha à reeleição de Dilma Rousseff em 2014.
A senadora evitou comentar o apoio do PP, do deputado federal Paulo Maluf (SP), a Haddad, mas também deixou claro seu sentimento em relação à aliança: "Só posso falar por mim. Nós temos em São Paulo um grupo de pessoas que apoiam Maluf e o resto, as outras pessoas, têm urticária quando ouvem o nome do Maluf", resumiu.(AE)

Ponte da Amizade foi fechada devido a protesto de brasileiros e paraguaios


A Ponte Internacional da Amizade que liga Foz do Iguaçu (Brasil) com a Cidade de Leste (Paraguai) foi fechada por volta das 11 horas desta sexta-feira (29) pelo MST e outros representantes sindicais de Foz do Iguaçu em protesto ao impeachment do presidente paraguaio Fernando Lugo.
Centenas de pessoas tomaram a ponte e o trânsito foi todo interditado na fronteira sendo liberado somente horas depois.
Centenas de paraguaios e brasileiros participaram do protesto de diversos movimentos sociais dos dois países. Do lado brasileiro, representantes da Central Única dos Trabalhadores, a CUT, do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra, o MST; Via Campesina, além de sindicatos trabalhistas e estudantes.
A Polícia Federal controla o trânsito sobre a ponte que ainda é lento.(G1)

Convenção do PSDB/Curitiba: Neste sábado, 30/06, os tucanos estarão reunidos no Paraná Clube para homologar o apoio a Luciano Ducci (PSB) e a chapa para vereadores


Os tucanos têm encontro marcado no próximo sábado (30) em Curitiba, na convenção municipal que o PSDB realiza às 10h, na sede social do Paraná Clube.

O governador Beto Richa, o presidente estadual do partido, deputado Valdir Rossoni, e o presidente municipal da legenda, Fernando Ghignone, esperam a presença maciça dos filiados tucanos para homologar a candidatura de reeleição do prefeito de Curitiba, Luciano Ducci (PSB).

“Será um encontro importante para referendar o apoio tucano ao prefeito Ducci e definir a nossa chapa de vereadores para a disputa. Vamos dar a largada confiantes na vitória e certos de que a continuidade de um bom trabalho na cidade de Curitiba será o melhor para os curitibanos”.

O Paraná Clube fica na Avenida Presidente Kennedy, 2377, na Vila Guaíra, em Curitiba.

Convenção do PC do B de Curitiba. Neste sábado, 30/06, no Clube 3 Marias


PPS de Curitiba realiza convenção eleitoral neste sábado


O diretório do PPS de Curitiba decidiu marcar para o dia 30 de junho de 2012, sábado, a convenção eleitoral. O evento será realizado no clube “Sociedade Thalia” (Rua Comendador Araújo, 338 – Centro) das 08h30 às 13h30.  
O presidente do diretório, Marcos Isfer, informa que a convenção vai escolher candidatos e deliberar sobre coligações com outros partidos, denominar a coligação e definir estratégia eleitoral.  A direção do partido convoca todos os filiados aptos a votar. 

Para a chapa de vereadores, o partido conta com cerca de 70 pré-candidatos. Uma das prioridades da sigla é ampliar a bancada, que conta atualmente com dois parlamentares. Para a eleição majoritária, o partido conta com o nome de Rubens Bueno como vice de Luciano Ducci.  

Portão Cultural abre as portas esta noite com agenda cheia



O maior centro cultural de Curitiba será reaberto nesta sexta-feira (29), às 19h, com uma intensa programação de música, literatura, teatro infanto-juvenil, exposições, exibição de filmes, arte digital, entre outras atrações que agora passam a movimentar a região do bairro Portão. O antigo Centro Cultural Portão, que agora recebe o nome de Portão Cultural, será devolvido aos curitibanos totalmente revitalizado, depois de uma grande reforma.
O Portão Cultural reabre com uma intensa programação já neste fim de semana: o primeiro show no auditório Antonio Carlos Kraide será com a banda Locomotiva Duben. No Cine Guarani, estarão em cartaz filmes de animação e longas-metragens paranaenses.
A Casa da Leitura Wilson Bueno terá contação de histórias e roda da leitura. O Centro de Arte Digital abriga o projeto “Inflexão”, enquanto no Espaço de Convivência DJs fazem workshops e apresentações. Além disso, o público pode visitar as três exposições abertas no MuMA – Museu Municipal de Arte (veja a programação abaixo).
A Prefeitura e a Fundação Cultural de Curitiba finalizaram a obra de recuperação desse complexo arquitetônico de 5 mil metros quadrados, que abriga espaços importantes na história cultural da cidade – o Museu Municipal de Arte (MuMA), o Cine Guarani e o Auditório Antônio Carlos Kraide. Com a revitalização, a antiga biblioteca transforma-se em Casa da Leitura Wilson Bueno e o espaço ganha um Centro de Arte Digital, além de espaço de convivência, salas para cursos e projetos de ação educativa. 

A abertura contará com a presença do prefeito Luciano Ducci e da presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Roberta Storelli. A festa é aberta à comunidade e várias atrações estão programadas para a noite de sexta-feira: performances musicais no auditório Antonio Carlos Kraide, exibição de filmes silenciosos das décadas de 1920 a 1950 no Cine Guarani, inauguração das exposições de obras do acervo nas três grandes salas do Museu Municipal de Arte, realização da intervenção artística “In-Flexão” no Espaço de Arte Digital, além de performances, um flashmob e apresentação de DJs.

O Portão Cultural terá como foco, em todas as suas ações, o viés educativo, daí a ênfase em cursos, oficinas e workshops, além da presença de uma equipe de ação educativa para receber alunos e visitantes. Mesmo assim, há espaço para iniciativas que envolvem toda a comunidade, que poderá aproveitar as visitas monitoradas às exposições do MuMA, os cursos, as oficinas e inúmeras outras atrações culturais gratuitas ou com ingressos a preços acessíveis. “Queremos que o público volte a movimentar o Portão Cultural, que a comunidade se aproprie e aproveite ao máximo esse espaço de arte e cultura”, diz a presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Roberta Storelli.   
 
Fim de semana - A banda Locomotiva Duben apresenta, no dias 30 de junho e 1º de julho (sábado e domingo), às 19h, o novo álbum “Mundo é Labirinto”, em espetáculo com projeções em 3D. Este é o primeiro CD da banda e contém dez faixas com muito suingue, groove e dub, além da mistura dançante de alguns ritmos variados como samba, reggae e até um mambo em algumas faixas. O disco tem produção de Rodrigo Barros Homem Del Rei, capa dos artistas visuais Rimon Guimarães, André Mendes e o fotógrafo César Rafael, além da participação de mais quatro músicos e compositores da cidade.
Durante o show, a banda estará utilizando técnicas de projeção mapeada, com um VJ interferindo no cenário simultaneamente à apresentação. A projeção mapeada, cada vez mais usada em todo o mundo, torna possível criar ilusões visuais através da projeção de vídeos e imagens sobre superfícies variadas. A superfície que servirá de tela para a projeção é mapeada em 3D e, em seguida, o computador calcula todas as suas curvas e saliências.
O filme então é adaptado à estrutura mapeada, evitando qualquer tipo de distorção na hora da projetar sobre formas e volumes.  O resultado são efeitos visuais extraordinários. Um grupo de oito bailarinas fará uma performance, interagindo com o som e as projeções durante o espetáculo.
A Casa da Leitura Wilson Bueno estará aberta no fim de semana. Às 10h de domingo (1º), as crianças podem participar de uma sessão de contação de histórias com o ator Élcio di Trento. Também no domingo, às 14h30, haverá uma Roda de Leitura para jovens a partir de 12 anos, com mediação de Fabiane de Cezaro.
Na reabertura do Cine Guarani, estão programadas exibições de produções paranaenses, com entrada franca. No sábado (30), às 16h, a atração é o desenho animado “Brichos” (2007), de Paulo Munhoz, e, na sessão das 20h, “Curitiba Zero Grau” (2010), de Elói Pires Ferreira. Para o domingo (1º), às 16h, a animação “Belowars” (2009), de Paulo Munhoz, e, às 20h, o documentário “João Baptista da Luz dos Pinhais” (2012), de Estevan Silvera. 
 
Na próxima semana – com ingressos a R$ 5, R$ 2,50 (meia-entrada) e R$ 1 aos domingos – entram em cartaz “Belowars” (2009), de Paulo Munhoz, às 16h, e “Girimunho” (2011), de Helvécio Marins Júnior e Clarissa Campolina, com sessões às 18h e 20h. 
A intervenção artística “In.Flexão”, de Fábio Alves e Tié Passos, ocupa o Centro de Arte Digital.
Os artistas apresentam obras que fazem o público questionar a construção de mensagens dos meios de comunicação e as relações humanas no “ciberespaço”. A partir das 15h, sábado e domingo, o Espaço de Convivência é o palco para apresentações de DJs. Participam os DJs Bad, Wande e Dande Pippi.
 
O MuMA – Museu Municipal de Arte estará com as suas três salas abertas com as exposições de inauguração: “Obras do acervo do MuMA até os anos 1980”, “Obras do acervo do MuMA após os anos 1980” e “Coleção Célia e Poty Lazzarotto”. As mostras permanecerão em cartaz até 22 de setembro. O horário de funcionamento do Portão Cultural é de terça-feira a domingo, das 10h às 19h.
Atrações - Para o mês de julho, a agenda do centro cultural está lotada, o que garante uma programação permanente durante as férias escolares. O MuMA, que volta a receber o nome de Museu Municipal de Arte, ao invés de Museu Metropolitano de Arte, como chegou a ser conhecido durante um determinado período, recomeça as suas atividades com três exposições do acervo do município, composto no total por 3.800 obras de arte. Com o fim da reforma, todas essas obras voltam a ficar acondicionadas na reserva técnica do MuMA. 

A seleção feita para as exposições de inauguração está dividida em dois diferentes períodos históricos – o final do século 19 até os anos 1970, compreendendo trabalhos de Alfredo Andersen, Guido Viaro, Theodoro De Bona, Miguel Bakun, entre outros, e a partir dos anos 1980, reunindo a criação artística mais contemporânea, representada por Geraldo Leão, Rossana Guimarães, Mazé Mendes, Edílson Viriato, Eliane Prolik, Leila Pugnaloni e outros. 

A terceira exposição é composta por obras da Coleção Célia e Poty Lazzarotto, que deu origem ao Museu Municipal de Arte quando foi doada ao município em 1986. Nesta coleção estão algumas preciosidades do acervo – Picasso, Di Cavalcanti, Portinari, Guignard, Pancetti, Djanira, Aldemir Martins, Goeldi, Inimá de Paula e muitos outros. 

O Cine Guarani volta a fazer parte do circuito de cinema da Fundação Cultural, com uma programação que privilegia produções independentes e mostras especiais, acrescida de um diferencial – sessões às 16h voltadas ao público infanto-juvenil. Assim como a Cinemateca de Curitiba, o Cine Guarani também terá sessões dirigidas para escolas e programas sociais da comunidade. Os ingressos têm preços bem acessíveis, a R$ 5, R$ 2,50 (meia-entrada) e R$ 1 (aos domingos). 

O auditório Antonio Carlos Kraide atenderá diversas áreas culturais. Sua estrutura está preparada para receber shows musicais, peças teatrais para o público adulto e infantil, apresentações de dança e eventos variados, estando sua agenda disponível não só para a classe artística, mas para toda a comunidade. No dia seguinte à inauguração, o auditório recebe o show da banda Locomotiva Duben, que fica em cartaz no fim de semana, às 19h, com entrada gratuita. 

A Casa da Leitura Wilson Bueno, além de uma biblioteca, oferece para a comunidade programas literários, a exemplo do que é promovido nas demais unidades mantidas pela Fundação Cultural de Curitiba. Suas portas estarão abertas inclusive aos domingos e já neste 1º de julho terá uma sessão de contação de histórias para crianças, às 10h, e uma roda de leitura para o público juvenil (a partir de 12 anos), às 14h30. 

Novidades - A novidade do Portão Cultural fica por conta do Centro de Arte Digital. Com este espaço, o Portão Cultural alinha-se à tendência mundial do uso das inovações tecnológicas nas diversas áreas da arte, especialmente nas artes visuais. Artistas, estudantes e investigadores de arte poderão usar o local como ateliê livre, com ações de fomento à produção de arte e conhecimento em novas tecnologias, bem como de reflexão sobre essa linguagem.A ocupação desse espaço se dará por propostas selecionadas em edital do Fundo Municipal da Cultura. O primeiro edital será lançado nesta sexta-feira, 28 de junho, e as inscrições já estarão abertas aos interessados. 

Verdadeira sala de visitas do Portão Cultural, o Espaço de Convivência recepciona os visitantes com mobiliário próprio para o conforto do público e balcão de informações. Eventualmente deve transformar-se em palco para eventos de pequeno porte, contemplando variadas linguagens artísticas. 

No dia da abertura e durante o mês de julho, a área será palco para performances e workshops de DJs. Salas especiais estão reservadas para cursos e projetos de arte-educação. Palestras e debates serão agendados nestas salas, que ainda abrigarão o trabalho de rotina das equipes responsáveis pelas ações educativas do Portão Cultural.
Serviço 

Reabertura do Portão Cultural (antigo Centro Cultural Portão)
Local:
 Avenida República Argentina, 3430 (em frente ao terminal do Portão)
Data e horário: 29 de junho de 2012, às 19h
Entrada franca
Confira a programação do fim de semana no Portão Cultural:
Auditório Antônio Carlos KraideShow da banda Locomotiva Duben
30 de junho e 1º de julho, às 19h
Ingressos: R$ 20 (com CD), R$ 10 e R$ 5 (meia-entrada)
Informações: (41) 3229-4458
MuMA – Museu Municipal de ArteExposições “Obras do acervo do MuMA até os anos 1980”, “Obras do acervo do MuMA após os anos 1980” e “Coleção Célia e Poty Lazzarotto”. 
Até 22 de setembro, de terça-feira a domingo, das 10h às 19h.
Ingressos: gratuito
Informações: (41) 3229-2801
Casa da Leitura Wilson Bueno
Contação de histórias para crianças 
1º de julho, às 10h
Roda de leitura (classificação 12 anos)
1º de julho, às 14h30
Ingressos: gratuito 
Informações: (41) 3345-6311
Centro de Arte DigitalProjeto In-Flexão
Até 12 de agosto, de terça-feira a domingo, das 10h às 19h
Ingressos: gratuito
Informações: (41) 3229-4454
Espaço de ConvivênciaApresentações de DJs
30 de junho, das 13h às 19h, e 1º e julho, das 15h às 18h
Ingressos: gratuito
Cine Guarani
30 de julho, às 16h – “Brichos”; às 20h, “Curitiba Zero Grau”
1º de julho, às 16h – “Belowars”; às 20h, documentário “João Baptista da Luz dos Pinhais”, sobre o cineasta João Baptista Groff.
Ingressos: gratuito 
Informações: (41) 3345-4051
Informações gerais: (41) 3229-4484

CPI prepara convocação de Cavendish


Fernando Cavendish, ex-dono da Delta, e o governador Cabral (PMDB) em Paris  
A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Cachoeira deve aprovar, na semana que vem, requerimento de convocação do empresário Fernando Cavendish, principal acionista da Delta Construções. Com a convocação, a cúpula da CPI espera responder às críticas de que a comissão não investiga as relações da empresa com o esquema do contraventor Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira.
Declarada inidônea pela Controladoria-Geral da União, a Delta é a principal empreiteira do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do governo federal. A ideia é que o depoimento de Cavendish ocorra antes do início do recesso parlamentar, que começa no dia 18 de julho. Se aprovada a convocação na sessão administrativa da próxima quinta-feira, dia 5, a ida do empresário deverá ocorrer na semana seguinte, provavelmente entre os dias 10 e 12 de julho. "Estou tratando desse tema (convocação Cavendish) e vamos enfrentá-lo na próxima reunião administrativa", afirmou o relator da CPI, deputado Odair Cunha (PT-MG).
Os partidos aliados do governo na CPI não devem, no entanto, permitir a aprovação da convocação do ex-diretor do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) Luiz Antônio Pagot. Os governistas alegam que Pagot não tem ligação com o esquema de Cachoeira e, por isso, não há motivos para sua ida à CPI. Há duas semanas, os governistas impediram a convocação tanto de Cavendish quanto de Pagot. Na ocasião, o adiamento da convocação de Cavendish foi aprovado por margem apertada de votos: 16 a 13. A de Pagot foi por 17 a 13.
Com a provável aprovação da convocação do empresário, os integrantes da CPI esperam dar uma injeção de ânimo nos trabalhos da comissão. Esta semana foi considerada perdida pela CPI, pois a maior parte dos depoentes optou por ficar calada. E, os que falaram, pouco acrescentaram às investigações. (AE)

Amanhã a Convenção do PT irá homologar a aliança com o Gustavo Fruet, candidato do PDT, o nome da vice Mirian (PT) e a participação no chapão de vereadores.


O PT realiza convenção no sábado, quando serão homologados dos 25 candidatos e também o nome de Mírian Gonçalves, candidata a vice na chapa majoritária ao lado de Gustavo Fruet .
A convenção do PT de Curitiba será a partir das 9 horas no Hotel Flat Petras, localizado no bairro São Francisco.
Às 11 horas, ocorrerá um ato político, com a presença de Fruet e de dirigentes dos partidos que compõem o arco de alianças com o PT nas eleições deste ano.

Greca participou de assembléia no Conselho Regional de Farmácia

O candidato a prefeito de Curitiba, Rafael Greca (PMDB) participou, na quinta-feira, 28, de assembleia no Conselho Regional de Farmácia do Estado do Paraná, em Curitiba, a convite da presidente da entidade, Marisol Muro. 

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | belt buckles